Última hora

Última hora

Síria: Cessar-fogo ameaçado

Mais de duas dezenas de pessoas terão morrido, esta terça-feira, na região de Idlib, após vários bombardeamentos aéreos, alegadamente, perpetrados por aviões das forças leais ao regime de Bashar…

Em leitura:

Síria: Cessar-fogo ameaçado

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de duas dezenas de pessoas terão morrido, esta terça-feira, na região de Idlib, após vários bombardeamentos aéreos, alegadamente, perpetrados por aviões das forças leais ao regime de Bashar al-Assad.

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, o principal alvo foi um edifício ligado ao grupo Fateh al-Sham, ex-Frente al-Nusra, com ligações à Al-Qaida.

Após quase seis anos de conflito, hoje, a Síria apresenta-se como uma manta de retalhos, com parte do território divido entre as forças governamentais, os insurgentes, as forças curdas, as forças turcas, e os jihadistas do grupo Estado Islâmico e a Fateh al-Sham.

O cessar-fogo, em vigor desde sexta-feira, permitiu a suspensão dos combates, um pouco por todo o país.

O acordo não colocou fim, no entanto, à vontade dos rebeldes de derrubar o regime de Damasco.