Última hora

Última hora

Tweet de Trump leva Congresso a recuar logo na primeira sessão

Segunda-feira à noite, os republicanos votaram a favor do enfraquecimento dos poderes do Comité de Ética Parlamentar. Trump não apreciou a manobra

Em leitura:

Tweet de Trump leva Congresso a recuar logo na primeira sessão

Tamanho do texto Aa Aa

A primeira sessão do congresso norte-americano da era Trump devia ser uma festa, mas marcou a primeira vitória política do novo presidente.

Há mais de 11 anos que os republicanos não detinham a totalidade do poder, nos Estados Unidos. Mas o momento foi ensombrado por um voto-surpresa.

Na segunda-feira à noite – dia feriado nos Estados Unidos – os republicanos da câmara baixa votaram a favor do enfraquecimento dos poderes do Comité de Ética Parlamentar, organismo independente criado em 2008.

Donald Trump não apreciou a manobra e criticou-a no Twitter, onde apela o congresso a focalizar-se “a reforma fiscal, no sistema de saúde e noutras coisas muito mais importantes.”

“Com todo o trabalho que o Congresso tem pela frente, tem mesmo de fazer do enfraquecimento do observador independente de ética – por muito injusto que possa ser – a prioridade e a primeira ação? Focalizem-se na reforma fiscal, no sistema de saúde e noutras coisas muito mais importantes.”

Os tweets do presidente – que fez campanha a favor de mais ética em Washington – tiveram efeito imediato: a medida foi logo abandonada.

Mas o hábito de twittar, esse Donald Trump não o abandona. O presidente deu também a sua “ferroada”, em menos de 140 carateres, sobre a alegada espionagem russa ao partido democrata, que lhe teria valido a eleição.

“A reunião dos serviços secretos sobre a chamada ‘pirataria russa’ foi adiada até sexta-feira. Talvez precisem de mais tempo para construírem o caso. Muito estranho!”

Donald Trump agendou, entretanto, para o dia 11, uma conferência de imprensa, na qual ele deverá falar, entre outros temas, de um eventual afastamento do seu colossal império industrial.