Última hora

Em leitura:

Governador de Izmir atribui atentado ao PKK


Turquia

Governador de Izmir atribui atentado ao PKK

O governador de Izmir, na Turquia, atribui o atentado, desta quinta-feira, ao PKK – Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

O ataque, com um carro armadilhado, nas proximidades de um tribunal, fez dois mortos, um polícia e um funcionário do tribunal, e cinco feridos, entre eles outro agente.

Dois dos responsáveis pelo atentado foram mortos, a polícia continuava à procura de um terceiro. Os homens abatidos e o “modus operandi” não deixam dúvidas ao governador:

“Analisámos os indícios que encontrámos até agora e, no que diz respeito à organização por detrás do ataque, tudo indica que o PKK é o responsável. As identidades dão-nos a mesma resposta”, explicou Erol Ayyildiz.

Os homens terão detonado a bomba depois de a polícia ter parado o veículo. A polícia terá feito explodir, de forma controlada, um segundo veículo.

O vice Primeiro-ministro turco afirmou que se estaria a preparar um atentado de maiores dimensões tendo em consideração as armas encontradas no local.

Eleições nos EUA: diretor dos serviços secretos reitera acusações de ingerência russa

EUA

Eleições nos EUA: diretor dos serviços secretos reitera acusações de ingerência russa