Última hora

Em leitura:

Ataque de Izmir: Polícia da Turquia deteve 18 pessoas


Turquia

Ataque de Izmir: Polícia da Turquia deteve 18 pessoas

Milhares de pessoas prestaram a última homenagem às vítimas do atentado de Izmir, na Turquia: um política e um funcionário do tribunal da cidade. Vários membros do governo marcaram presença nas cerimónias.
Entretanto, a polícia da Turquia deteve 18 pessoas por suspeitas de ligações a este ataque de quinta-feira, onde morreram também os dois alegados terroristas. O atentado ainda não foi reivindicado, mas Ancara não tem dúvidas de que o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) está por detrás de mais esta ação terrorista. A garantia foi dada esta sexta pelo ministro da Justiça turco.

A explosão terá sido provocada por um carro armadilhado, que rebentou junto ao tribunal da cidade, localizada no oeste da Turquia. Após a explosão ocorreu uma troca de tiros. Os dois presumíveis responsáveis pelo ataque foram abatidos pela polícia, durante o tiroteio.

Este foi o segundo ataque terrorista em território turco no espaço de uma semana. Na noite de passagem de ano, um militante do Estado Islâmico entrou numa discoteca em Istambul e disparou indiscriminadamente, matando 39 pessoas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Turquia

Turquia: Setor do Turismo é dos que mais sofre com terrorismo