Última hora

Em leitura:

Estado da União: Os dramas do Brexit e a candidatura de Verhofstadt


Estado da União

Estado da União: Os dramas do Brexit e a candidatura de Verhofstadt

Desafios institucionais e internacionais não vão faltar nos próximos meses, tais como eleições cruciais em França e na Alemanha, o início do Brexit e a tomada de posse de Donald Trump do outro lado do Atlântico.

No regresso do “Estado da União”, programa semanal sobre assuntos europeus, apresentamos um resumo do que espera a União Europeia no primeiro semestre de 2017.

A poucas semanas do início do processo do Brexit, o governo britânico viveu um psicodrama com a demissão do embaixador junto da União Europeia, que foi rapidamente substituído.

O liberal e ex-primeiro-ministro belga Guy Verhofstadt, anunciou a sua candidatura para suceder a Martin Schulz na liderança do Parlamento Europeu. A eleição joga-se entre italianos e belgas a 17 de Janeiro.

O número em destaque, esta semana, é a taxa de inflação na zona euro, que aumentou para 1,1% em dezembro (nível mais alto desde setembro de 2013), devido ao aumento do preço da energia.

E o que têm em comum as cidades de Aarhus e Paphos? Ambas são Capitais Europeias da Cultura em 2017. As iniciativas culturais começam oficialmente a 21 de janeiro, na Dinamarca, e uma semana mais tarde, em Chipre.

Agenda da próxima semana:

Negociações de paz, em Genebra, entre cipriotas gregos e cipriotas turcos sobre a reunificação da ilha.

Günther Oettinger terá uma audição com os eurodeputados sobre a sua nova pasta como comissário para o Orçamento e Recursos Humanos.

Comissão Europeia desloca-se a Valletta, capital de Malta, onde decorre o lançamento da presidência semestral rotativa da União Europeia.

Angela Merkel visitará oficialmente o Luxemburgo.