Última hora

Em leitura:

Rússia inicia redução de forças militares na Síria


Síria

Rússia inicia redução de forças militares na Síria

A Rússia anunciou, esta sexta-feira, o início da redução do número de forças militares na Síria.

O primeiro passo é a retirada do porta-aviões Kusnetsov, e dos navios de guerra de acompanhamento, que estavam estacionados em águas territoriais sírias.

A informação é avançada pelo chefe do Estado-Maior russo:

“Na sequência da decisão do Comandante Supremo das Forças Armadas, Vladimir Putin, o ministério da Defesa da Rússia começou a reduzir o número de forças armadas na Síria. Os navios de guerra da Frota do Norte, liderada pelo porta-aviões Almirante Kusnetsov, serão os primeiros a abandonar a área de conflito”, afirmou o General Valery Gerasimov.

O Presidente russo tinha afirmado, em dezembro, que Moscovo tinha concordado reduzir os seus efetivos militares na Síria. Iniciativa que faz parte do acordo concluído entre autoridades sírias e grupos da oposição com vista ao cessar-fogo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Turquia

Ataque de Izmir: Polícia da Turquia deteve 18 pessoas