Última hora

Última hora

Crise migratória: Governo da Eslovénia propõe encerramento temporário de fronteiras

O governo da Eslovénia quer endurecer as leis de controlo das fronteiras do país para evitar novos fluxos massivos de migrantes.

Em leitura:

Crise migratória: Governo da Eslovénia propõe encerramento temporário de fronteiras

Tamanho do texto Aa Aa

O governo da Eslovénia quer endurecer as leis de controlo das fronteiras do país para evitar novos fluxos massivos de migrantes. O executivo quer mesmo dar meios à polícia para fechar as fronteiras por tempo limitado, caso sejam necessário. Estas medidas ainda devem ser aprovadas pelo parlamento esloveno e surgem depois da crise de refugiados registada no ano passado.

Vesna Györkös Žnidar, ministra da Administração Interna eslovena, lembra que estão a ser propostas “medidas de com caráter temporário que só devem ser aplicadas se as condições de entrada de migrantes se degradarem até a um ponto em que possam ameaçar a ordem pública e a segurança interna”

Recorde-se que cerca de 500 mil migrantes ilegais atravessaram a Eslovénia a caminho dos países mais ricos da Europa. As autoridades do país, à semelhança do que aconteceu em outros Estados-membros da União Europeia, avançaram mesmo com março com a instalação de vedações com arame farpado nas fronteiras com os países dos Balcãs.