Última hora

Última hora

África Eco Race: Vencedores quase encontrados, Didier Frederico entra no top dez

A oitava edição da África Eco Race prossegue no deserto da Mauritânia e a oitava etapa levou os participantes a percorrer 435 quilómetros entre Tiwilit e…

Em leitura:

África Eco Race: Vencedores quase encontrados, Didier Frederico entra no top dez

Tamanho do texto Aa Aa

A oitava edição da África Eco Race prossegue no deserto da Mauritânia e a oitava etapa levou os participantes a percorrer 435 quilómetros entre Tiwilit e Azougui.

Nas motos, Paolo Ceci começou o dia na segunda posição mas o sonho de lutar pela vitória caiu por terra bem cedo, com o italiano a ser traído por uma embraiagem partida.

À partida seriam excelentes notícias para Gev Teddy Sella, no entanto o líder ficou sem combustível e acabou por ser Pål Anders Ullevålseter a dar-lhe uma mãozinha para concluir a tirada.

O norueguês foi o piloto mais rápido do dia, Sella perdeu mais de 13 minutos mas continua tranquilo no comando da classificação, com mais de meia hora de vantagem sobre o vencedor das duas últimas edições.

Didier Frederico continua a ser o melhor português e subiu ao nono lugar da geral.

Nas quatro rodas, Mathieu Serradori repetiu o triunfo da sexta etapa mas há muito que está arredado da luta pela vitória final. O francês ocupa um discreto 24º posto entre os automóveis.

No comando, continua Vladimir Vasilyev. O russo terminou mais de vinte minutos depois de Serradori mas tem o título praticamente entregue. A quatro etapas do fim, a sempre espetacular chegada ao Lago Rosa no Senegal, Vasilyev tem mais de uma hora e meia de vantagem sobre Pascal Thomasse.

Entre os camiões Andrey Karginov continua o seu passeio e só com muito azar verá o seu triunfo escapar. Para não variar, foi o mais rápido do dia e leva quase duas horas de vantagem sobre o checo Jaroslav Valtr.