Última hora

Em leitura:

Prémios BAFTA: "La La Land: Melodia de Amor" domina nomeações do cinema britânico


Reino Unido

Prémios BAFTA: "La La Land: Melodia de Amor" domina nomeações do cinema britânico

O filme “La La Land: Melodia de Amor”, de Damien Chazelle, está nomeado para 11 prémios da Academia Britânica de Cinema e Televisão (BAFTA), incluindo melhor filme, realizador e argumento. As nomeações foram conhecidas um dia depois de o filme com estreia marcada para 26 de janeiro em Portugal ter recebido sete Globos de Ouro.

Logo atrás do filme protagonizado por Emma Stone e Ryan Gosling, surgem “O Primeiro Encontro”, de Denis Villeneuve (10 de novembro), e “Animais Noturnos”, de Tom Ford (24 de novembro), ambos protagonizados por Amy Adams e ambos com nove nomeações. A atriz voltou a ser nomeada e de novo pelo desempenho em “O Primeiro Encontro.”

De seguida aparece o mais recente trabalho de Kenneth Lonergan, “Manchester By The Sea” (5 de janeiro), com seis nomeações, incluindo Casey Affleck, já vencedor do Globo de Ouro para melhor ator, na categoria de drama, pela sua interpretação.

Com cino nomeações para os BAFTA, estão “Eu, Daniel Blake”, de Ken Loach (1 de dezembro); “Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los”, de David Yates (17 de novembro), “O Herói de Hacksaw Ridge”, de Mel Gibson (10 de novembro); e “Lion — A Longa Estrada para Casa”, de Garth Davis (passou pelo Festival de Cinema de Lisboa e Estoril, e estreou a 8 de dezembro em Portugal).

A par de “La La Land”, “O Primeiro Encontro”, “Eu, Daniel Blake” e “Manchester By The Sea”, entre os nomeados para melhor filme encontra-se ainda “Moonlight”, de Barry Jenkins (2 de fevereiro), apontado como um dos mais fortes candidatos à época de prémios cinematográficos, mas que se ficou por quatro nomeações para os prémios britânicos.

Da categoria de melhor filme em língua não inglesa, constam “Dheepan”, de Jacques Audiard, vencedor da Palma d’Ouro no Festival de Cannes em 2015 (12 de maio); “Julieta”, de Pedro Almodóvar (22 de setembro); “Mustang”, de Deniz Gamze Ergüven (18 de fevereiro); “O Filho de Saul”, de László Nemes, vencedor do Óscar para melhor filme estrangeiro há quase um ano (25 de fevereiro); e “Toni Erdmann”, de Maren Ade, eleito melhor filme do ano há um mês nos prémios europeus do cinema (16 de fevereiro).

Os prémios BAFTA vão ser entregues no dia 12 de fevereiro, numa cerimónia em Londres com apresentação de Stephen Fry.

Texto: Lusa (TDI)
Edição: Francisco Marques

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

EUA

Próximo de Putin visado por sanções americanas