Última hora

Em leitura:

Obama despede-se dizendo que EUA estão "melhores e mais fortes" do que quando chegou ao poder


EUA

Obama despede-se dizendo que EUA estão "melhores e mais fortes" do que quando chegou ao poder

Barack Obama diz que os Estados Unidos estão “melhores e mais fortes” do que quando chegou ao poder, embora ainda exista muito “trabalho por fazer”, nomeadamente para ultrapassar as divisões raciais.

O presidente norte-americano pronunciou um discurso emotivo em Chicago, o último como chefe de Estado, antes de passar o testemunho a Donald Trump:

“Se vos tivesse dito, há oito anos, que os Estados Unidos iriam inverter a grande recessão […], se vos tivesse dito que abririamos um novo capítulo com o povo cubano, terminariamos com o programa de armas nucleares do Irão sem disparar um único tiro ou que eliminariamos o cérebro do 11 de setembro […], talvez nos tivessem dito que eramos demasiado ambiciosos. Mas foi o que fizemos. Os Estados Unidos são um lugar melhor e mais forte do que quando começámos”.

Obama apelou aos norte-americanos para se mobilizarem para defender os valores democráticos, reavivando a célebre frase de campanha:

“Peço-vos que acreditem, não na minha capacidade para trazer a mudança, mas na vossa. […] Sim, podemos. Sim, fizemos. Sim, podemos.”

A cidade escolhida por Obama para o derradeiro discurso do primeiro presidente afro-americano dos Estados Unidos, Chicago, é também aquela onde começou a sua carreira política.

Ao seu lado estiveram não só a esposa, filhas e número dois, Joe Biden, mas também muitos dos atuais e antigos membros da sua administração durante os últimos oito anos. Obama já disse que permanecerá em Washington pelo menos nos próximos dois anos, até que a mais jovem das filhas, Sasha, termine o liceu, embora pretenda manter um perfil discreto.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

EUA

Denúncias de racismo contra escolha de Trump para a Justiça dos EUA