Última hora

Última hora

Violino de plástico 3D: Chegar a novas notas com o 3Dvarius

Em leitura:

Violino de plástico 3D: Chegar a novas notas com o 3Dvarius

Tamanho do texto Aa Aa

Laurent Bernadac toca num violino não de madeira, mas de plástico.

Laurent Bernadac toca num violino não de madeira, mas de plástico. É uma invenção em nome próprio, com 30 mil camadas de plástico – um instrumento impresso em 3D.

Os críticos têm questionado o som que emite, mas o instrumento pode ajudar músicos e compositores a ultrapassar fronteiras criativas: “Este violino bizarro chama-se 3Dvarius, porque é impresso em 3D, com 30 mil camadas, em 24 horas. É impresso numa única peça. É um violino muito leve, muito confortável, com um som cheio e claro”, explica Laurent Bernadac.

Já foram vendidos 100 exemplares em toda a Europa. Bernadac concentra-se agora no mercado norte-americano. O inventor espera que o instrumento ajude os violinistas a criar novos sons e a desenvolver novas técnicas. O 3Dvarius custa 7000 euros.