Última hora

Em leitura:

Itália:Habitantes protestam cinco meses após o sismo


Itália

Itália:Habitantes protestam cinco meses após o sismo

A 24 de agosto, a Itália foi abalada pela primeira de uma série de sismos fortes, que continuou até outubro. No primeiro 298 pessoas morreram e as cidades de Amatrice e Accumoli ficaram parcialmente destruídas.

Os habitantes desabrigados enfrentam o primeiro inverno entregues a si próprios, muitos hospedados na costa do Adriático em hotéis ou estruturas temporárias, organizaram uma manifestação. O protesto decorreu em Grisciano, um bairro de Accumoli, a fim de denunciar o silêncio e a inércia das instituições. Os manifestantes acusam que nada tem sido feito desde a tragédia e que o dinheiro existe mas a burocracia bloqueia tudo. Além disso, os trabalhos começados foram interrompidos por causa do inverno.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

França

Hollande insiste no "sonho da paz" no Médio Oriente