Última hora

Em leitura:

Taiwan faz aumentar tensão entre EUA e China


EUA

Taiwan faz aumentar tensão entre EUA e China

A presença da presidente de Taiwan nos Estados Unidos da América pode agravar as já tensas relações diplomáticas entre Washington e Pequim.

Tsai Ing-wen está em São Francisco, na Califórnia, a última escala na viagem diplomática que realizou a quatro países aliados na América Latina.

Os Estados Unidos reconhecem Taiwan como parte de uma “China única” desde 1979 mas, Donald Trump gerou um protesto diplomático de Pequim ao aceitar um telefonema da presidente Ing-wen, a 02 de dezembro, que lhe ligou para felicitá-lo pela vitória eleitoral.

Numa entrevista ao Wall Street Journal, publicada na sexta-feira, o presidente eleito disse que não respeitará a política de “Uma só China” se a China continental não mudar as suas práticas monetárias e comerciais. Trump afirmou, ainda, que “tudo está em negociação, incluindo a política ‘Uma China’”.

Pequim já fez saber que o princípio de “China única” é a base política não negociável das relações entre a China e os Estados Unidos.

Com: Reuters

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

EUA

EUA: Ativistas dos direitos civis protestam contra Donald Trump