Última hora

Última hora

FMI espera que EUA cresçam mais com Trump

O Fundo Monetário Internacional reviu em alta as previsões de crescimento para os Estados Unidos, particularmente, em 2018.

Em leitura:

FMI espera que EUA cresçam mais com Trump

Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional (FMI) continua a prever que a economia mundial cresça 3,4% este ano e 3,6% no próximo, depois do abrandamento em 2016, mas reviu em alta as previsões de crescimento para os Estados Unidos, particularmente, em 2018.

O FMI espera agora que a economia norte-americana cresça 2,3% este ano, mais 0,1% do que na projeção feita em outubro. Já em 2018, a previsão é de um crescimento de 2,5%, mais quatro décimas do que anteriormente, em grande parte por causa dos efeitos que podem ter as descidas de impostos e os investimentos em infraestruturas prometidos por Donald Trump.

O economista chefe do FMI, Maurice Obstfeld, recorda contudo que, neste momento, “os detalhes da futura legislação fiscal ainda não são claros, tal como o grau de aumento líquido da despesa pública e impactos resultantes na procura, produção potencial, défice federal e no dólar”.

A organização alerta também para o perigo de medidas protecionistas por parte dos Estados Unidos, que naturalmente iriam provocar retaliações: “nesse cenário, todos os países perderiam”, afirma o FMI, que não equacionou nas projeções a possibilidade da imposição de taxas a produtos mexicanos, chineses ou de outros países.