Última hora

Em leitura:

Aniversário de Martin Luther King marcado por polémica entre Trump e Lewis


EUA

Aniversário de Martin Luther King marcado por polémica entre Trump e Lewis

Os Estados Unidos voltaram a recordar, como todos os anos, o ícone da luta pelos direitos civis dos afro-americanos, Martin Luther King.

Mas o aniversário ficou este ano marcado pela polémica entre o presidente eleito, Donald Trump, e o congressista democrata John Lewis, outro símbolo do combate contra a discriminação racial nos anos 60 e 70.

Trump criticou severamente Lewis depois do político veterano ter dito que não vê o magnata como um “presidente legítimo” e ter indicado que não vai participar na cerimónia de investidura.

O presidente eleito tentava ontem aliviar as tensões, ao receber o filho mais velho de Martin Luther King em Nova Iorque, mas ao mesmo tempo a mais jovem filha do campeão da justiça racial, Bernice King, afirmava num evento em Atlanta que “Deus pode triunfar sobre Trump”.

Enquanto o país recorda o reverendo assassinado em 1968, o número de congressistas democratas que disseram que vão boicotar a investidura do presidente eleito ultrapassa já as duas dezenas.