Última hora

Em leitura:

Antonio Tajani é o novo presidente do Parlamento Europeu


A redação de Bruxelas

Antonio Tajani é o novo presidente do Parlamento Europeu

Antonio Tajani é o novo presidente do Parlamento Europeu. Só na quarta volta houve uma decisão. O italiano, candidato do Partido Popular Europeu (PPE), conquistou 351 votos. O principal adversário, o socialista também italiano, Gianni Pittella obteve 282.

Tajani é o 31º presidente da assembleia europeia. O italiano assumiu de imediato o lugar deixado por Martin Schulz e no primeiro discurso garantiu que “a partir de hoje serei presidente de todos. Representarei todos os eurodeputados e todos os grupos políticos”.

Para conseguir este resultado, Tajani contou com o apoio do grupo dos Conservadores e Reformistas Europeus (CRE). Logo na segunda volta disseram que apoiavam o candidato de centro direita, mas a candidata do grupo, Helga Stevens, acabou por não desistir. Na terceira ronda alguns deputados disseram que afinal não apoiavam Antonio Tajani por causa do acordo feito entre o PPE e a Aliança dos Liberais e Democratas Europeus (ALDE), de Guy Verhofstadt.

Mas antes da quarta volta, os Conservadores acabaram por mudar de novo de posição: num comunicado explicaram que na a ronda de conversações com o PPE tinha resultado num “conjunto claro de compromissos políticos”.

Antonio Tajani, de 63 anos e licenciado em Direito, foi comissário europeu na equipa de José Manuel Durão Barroso. O italiano regressou ao Parlamento Europeu em 2014 e agora vai liderar a instituição.

Já esta quarta-feira vai dirigir a eleição dos 14 vice-presidentes.

Com este resultado, o Partido Popular Europeu passa a dominar os três principais cargos das instituições europeias, sendo que já lideram o Conselho Europeu e a Comissão Europeia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

A redação de Bruxelas

Brexit implica saída do Mercado Único e fim da livre circulação de pessoas