Última hora

Em leitura:

Theresa May sai da União Europeia Confiante


Reino Unido

Theresa May sai da União Europeia Confiante

Foi uma Theresa May confiante que apresentou o plano do Reino Unido para a saída do país da União Europeia.

A primeira-ministra britânica falou das 12 prioridades definidas para defender os interesses do país, nas negociações com a EU, entre elas abandonar o mercado único e recuperar o controlo total das fronteiras do Reino Unido.

May afirmou que não quer um acordo que deixe o país “meio fora”, “meio dentro” do bloco europeu:

“Vamos deixar a União Europeia, mas não a Europa, e é por isso que procuramos uma parceria nova e igualitária entre uma Grã-Bretanha independente, autónoma e global, e os nossos amigos e aliados na UE. Não queremos ser parcialmente membro da União Europeia, membro associado ou qualquer coisa que nos deixe semi-dentro, semi-fora”, afirmou May.

Não obstante, o Reino Unido vai tentar obter o acesso mais alargado possível ao mercado comum.

Theresa May garantiu ainda que o país continuará a ser um parceiro confiável, disponível e próximo da União Europeia.

“Queremos comprar bens à UE e vender os nossos, negociar com ela, o mais livremente possível”; afirmou a Primeira-ministra britânica.

A primeira-ministra sublinhou que o Brexit significa a possibilidade de controlar a imigração, vinda da Europa, mas que Londres quer garantir, o mais rapidamente possível, os direitos dos cidadãos da UE a viverem no Reino Unido e os dos britânicos residentes na União Europeia.

Theresa May alertou ainda para os perigos que uma eventual punição ao Reino Unido pode acarretar, perigos também para os Estados-membros da União Europeia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Noruega

Breivik não se arrepende do massacre de 2011