Última hora

Última hora

Inflação no Reino Unido em alta devido à queda da libra

A inflação no Reino Unido subiu para os valores mais altos dos últimos dois anos e meio.

Em leitura:

Inflação no Reino Unido em alta devido à queda da libra

Tamanho do texto Aa Aa

A inflação no Reino Unido subiu para os valores mais altos dos últimos dois anos e meio. Em 2016, o índice de preços do consumidor aumentou para os 1,6%.

Point of view

A desvalorização da libra teve um impacto direto no valor da inflação. Registou-se um aumento dos preços da alimentação e da energia. A situação pode tornar-se problemática se a inflação aumentar de forma repentina e afetar os salários, o que afetará a competitividade.

A subida está associada à queda da libra, que acarreta o aumento dos custos das importações. A libra caiu cerca de 20% em relação ao dólar, desde que os britânicos aprovaram, no referendo de junho, a saída da União Europeia (Brexit).

“A desvalorização da libra teve um impacto direto no valor da inflação. Registou-se um aumento dos preços da alimentação e da energia. A situação pode tornar-se problemática se a inflação aumentar de forma repentina e afetar os salários, o que afetará a competitividade, reduzindo a rentabilidade”, sublinhou James Bevan, analista da CCLA.

O governador do Banco de Inglaterra antecipa uma subida da inflação para os 2%, nos próximos meses, um aumento que terá um impacto no orçamento das famílias.

“Neste momento, as famílias vivem um clima de incerteza devido ao Brexit, a poupança está a diminuir e o crédito ao consumo aumentou significativamente”, afirmou Mark Carney, governador do Banco de Inglaterra.

Esta terça-feira, a primeira-ministra britânica Teresa May anunciou que o acordo para o abandono do mercado único e da união aduaneira terá de ser validado pelo parlamento, o que terá reforçado a confiança dos investidores. Assim que terminou o discurso de May, a libra valorizou quase 2,5%.