Última hora

Em leitura:

Presidente da China: "Não há vencedores numa guerra comercial"


Suíça

Presidente da China: "Não há vencedores numa guerra comercial"

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Com Donald Trump a designar a China como principal inimiga dos Estados Unidos em termos comerciais e a prometer uma política protecionista, o presidente da China reagiu.

Xi Jinping falou durante o Fórum Económico Mundial, em Davos. Apesar dos obstáculos que a eleição de Trump pode colocar, o presidente chinês acredita que o comércio livre vai triunfar: “O protecionismo é como estar fechado num quarto escuro. O vento e a chuva não entram, mas a luz e o ar também não. Não há vencedores numa guerra comercial”.

O economista Nariman Behravesh acredita que o clima entre os Estados Unidos e a China vai acalmar e os dois países não se vão envolver numa guerra comercial: “Esta foi uma mensagem forte enviada a Trump. Não querem uma guerra de divisas nem uma guerra comercial. De uma forma ou outra, isso vai ser ouvido pelo círculo de Trump. Penso que vão ceder ao senso comum e não vão começar um processo que pode escalar e tornar-se numa guerra comercial. Pensamos que as hipóteses de haver uma guerra comercial são muito baixas, mas nunca fiando”.

O discurso de Xi Jinping foi elogiado pelo ainda secretário de Estado norte-americano John Kerry, que disse que o discurso poderia ter sido escrito pelo presidente Obama.

A renegociação dos acordos comerciais com a China é uma das prioridades da administração Trump.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Turquia

Procurador turco pede 142 anos de prisão para líder da oposição pró-curda