Última hora

Em leitura:

Davos: Perspetivas sobre o que Trump poderá significar para a economia mundial


economia

Davos: Perspetivas sobre o que Trump poderá significar para a economia mundial

“Muito lenta há demasiado tempo”, era este o veredicto do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre a economia mundial em meados de 2016.

Ganhos modestos, tanto nas economias avançadas como nas emergentes, têm mantido o crescimento em trono dos 3% nos últimos anos.

No Fórum Económico Mundial, em Davos, há esperança que 2017 seja o ano em que a economia mundial saia do marasmo e também a consciência que as decisões políticas dos Estados Unidos vão ser determinantes”.

Donald Trump prometeu cortar impostos e reduzir a regulamentação.

Jeff Schumacher, presidente executivo da BCG Digital Ventures não é adepto de algumas das posições de Trump, mas está otimista em relação ao que a nova presidência deverá significar para os negócios:

“Trump pode vir a ser o empreendedor dos empreendedores e criar muito crescimento nos Estados Unidos. Se tivermos redução do IRC e menos regulação, penso que muito capital irá entrar nos Estados Unidos. Com esse fluxo de capitais e um forte crescimento, os Estados Unidos, só pela dimensão que têm, podem puxar pela economia mundial”.

Mas, se os Estados Unidos podem ser o motor do crescimento global, também podem vir a ser o seu travão.

Se uma parte da retórica protecionista de Trump for colocada em prática, isso pode significar problemas sérios, segundo o economista Nariman Behravesh, da IHS Consulting:

“Se for um populismo virado para o crescimento, será fantástico. E é isso que pensamos que irá acontecer no final. É o mais provável. Mas se tivermos um populismo assente no protecionismo, isso pode ser um desastre para os Estados Unidos, China e muitas partes do mundo. É um cenário de recessão”.

Sejam quais forem as decisões, 2017 promete ser um ano de grandes mudanças de políticas nos Estados Unidos, que terão efeitos colaterais no resto do mundo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

economia

Turismo sustentável em destaque na Feira de Madrid