Última hora

Última hora

Sergei Polunin: O rosto esculpido do ballet clássico

Em leitura:

Sergei Polunin: O rosto esculpido do ballet clássico

Tamanho do texto Aa Aa

Um bailarino a posar para a escultora Frances Segelman.

Um bailarino a posar para a escultora Frances Segelman. Sergei Polunin deu um passo de dança em direção à fama internacional em 2010, quando foi nomeado bailarino principal do Royal Ballet. Dois anos depois demitiu-se dizendo que se tornara tão infeliz que “o artista nele estava a morrer”. Desde essa altura tem embarcado em diferentes projetos artísticos.

Frances Segelman é considerada uma das escultoras mais bem sucedidas no Reino Unido. Já esculpiu a Rainha e o Duque de Edimburgo. O projeto artístico que impulsionou o nome do bailarino em todo o mundo, para além do universo do ballet clássico, foi a colaboração com o fotógrafo americano e diretor musical David LaChapelle. O vídeo “Take Me to Church” teve quase 18 milhões de visualizações no YouTube.

Sergei Polunin volta ao Teatro Sadler Wells de Londres, em meados de março, para uma série de performances, incluindo a estreia de Ícaro, no Reino Unido.