Última hora

Última hora

Bombeiros soterrados a apagar fogo em arranha-céus de Teerão (imagens)

Operações de busca por sobreviventes prosseguem e balanço de vítimas pode agravar-se após derrocada de edifício com centenas de pessoas no interior.

Em leitura:

Bombeiros soterrados a apagar fogo em arranha-céus de Teerão (imagens)

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira em Teerão quando tentavam apagar o fogo no mais antigo arranha-céus do Irão.

O Plasko era um edifício de dezassete pisos , foi construído em 1926 e colapsou em menos de quatro horas após um incêndio ter deflagrado no interior por volta das 08:00 horas da manhã na capital iraniana (04:30, em Lisboa).

Há mais de 70 feridos, incluindo pelo menos 45 bombeiros já resgatados. As operações de busca ainda prosseguem e o balanço de vítimas pode vir ainda a agravar-se.

Há relatos de que teriam sido mobilizados cerca de 200 bombeiros para apagar o incêndio.

O edifício integrava um centro de produção têxtil e os tecidos podem ter alimentado o fogo. Uma investigação está para apurar as causas da tragédia.