Última hora

Em leitura:

Número de mortos de derrocada em Teerão continua por determinar


Irão

Número de mortos de derrocada em Teerão continua por determinar

As buscas prosseguem em Teerão apesar da escassa esperança em encontrar sobreviventes. Um dia depois da derrocada de um edifício de 17 andares na sequência de um incêndio, o número de vítimas mortais continua por determinar.

Pelo menos duas dezenas de bombeiros estão desaparecidos e há a possibilidade de ocupantes do prédio e de jornalistas também estarem debaixo dos escombros. O sinistro provocou pelo menos oito dezenas de feridos. Um dos bombeiros que tinha sido hospitalizado acabou por falecer.

Os iranianos multiplicaram as homenagens aos bombeiros, acendendo velas por todo o país e partilhando fotografias nas redes sociais.

As causas do incêndio no primeiro arranha-céus do país, construído em 1962, ainda estão por determinar. No entanto, a vetustez do imóvel terá contribuído para um curto-circuito no nono andar, avançam fontes da autarquia de Teerão.

O edifício Plasco albergava um centro comercial com centenas de lojas, além de vários escritórios.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Turquia

Turquia: Confrontos entre deputados no Parlamento provoca dois feridos