Última hora

Última hora

Washington: Protestos marcam dia da tomada de posse de Trump

O dia da tomada de posse de Donald Trump ficou marcado por coros de protestos nas ruas de Washington contra o novo Presidente dos Estados Unidos.

Em leitura:

Washington: Protestos marcam dia da tomada de posse de Trump

Tamanho do texto Aa Aa

O dia da tomada de posse de Donald Trump ficou marcado por coros de protestos nas ruas de Washington contra o novo Presidente dos Estados Unidos.

“Não a Trump, não ao Ku Klux Klan, não a uma América fascista”, foram algumas das palavras de ordem.

No meio do protesto, alguns encapuzados provocaram distúrbios e envolveram-se em confrontos com a polícia a cerca de 1km do Capitólio, onde Trump prestou juramento.

Como habitualmente, símbolos do capitalismo, como bancos e grandes cadeias alimentares, foram os alvos da fúria de parte dos cerca de 500 manifestantes envolvidos no protesto.

Até ao inicio da noite já tinham sido detidas mais de 90 pessoas.

Próximo da Pennsylvania Avenue, que liga o Congresso à Casa Branca, um outro grupo de manifestantes conseguiu durante algum tempo bloquear a passagem aos que queriam ir assistir ao juramento de Donald Trump nos ecrãs instalados no parque National Mall. Mais uma vez, as autoridades tiveram de intervir, formando um cordão policial para evitar eventuais confrontos.

Olhando para as fotografias publicadas pela Associated Press, o National Mall ficou mais vazio do que há 8 anos, quando cerca de dois milhões de pessoas assistiram à tomada de posse de Barack Obama: