Última hora

Última hora

Itália: Começou a identificação das vítimas do acidente de Verona

Os famíliares dos estudantes húngaros vítimas do acidente de autocarro perto de Verona, no norte de Itália, chegaram para reconhecer e repatriar os corpos.

Em leitura:

Itália: Começou a identificação das vítimas do acidente de Verona

Tamanho do texto Aa Aa

Os famíliares dos estudantes húngaros vítimas do acidente de autocarro perto de Verona, no norte de Itália, chegaram para reconhecer e repatriar os corpos.

Alguns pais puderam ver os filhos que escaparam à tragédia com somente ligeiros arranhões, mas o trauma psicológico esse é grande.

“Ele está bem, só tem uma pequena lesão, mas está muito abatido com o que aconteceu e vai ser difícil para ele sair disto”

“ O nosso filho ligou logo depois do acidente, estava em estado de choque, entramos no carro imediatamente e viemos para Itália”.

Os adolescentes regressavam a Budapeste a bordo de um autocarro após umas férias de esqui nos Alpes. As autoridade húngaras confirmaram a presença de 54 passageiros e dois motoristas no autocarro que se despistou antes da meia-noite de sexta-feira tendo-se incendiado de seguida.

Ests responsável da polícia em Itália explica: “Duas pessoas estão em condições muito sérias e temos alguns problemas para as identificar, é uma situação delicada e devemos esperar para ter mais certezas “.

Quatro passageiros permaneceram hospitalizados com lesões graves. Funcionários confirmaram que o processo para identificar oficialmente as 16 pessoas mortas no acidente vai ser demorado.

Para segunda-feira, o governo da Hungria declarou dia nacional de luto em memória das vítimas.