Última hora

Última hora

Investidores preocupados com retórica protecionista de Donald Trump

A generalidade das bolsas europeias, assim como o PSI20 de Lisboa, fecharam a sessão, esta segunda-feira, no encarnado pelo terceiro dia consecutivo.

Em leitura:

Investidores preocupados com retórica protecionista de Donald Trump

Tamanho do texto Aa Aa

A generalidade das bolsas europeias, assim como o PSI20 de Lisboa, fecharam a sessão, esta segunda-feira, no encarnado pelo terceiro dia consecutivo.

Os investidores mostram-se preocupados com a retórica protecionista do novo presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump.

Para o analista financeiro, Robert Halver, do Banco Baader, nos próximos anos “haverá maior volatilidade do preço das ações, vamos estar sob o feitiço da possibilidade de que haverá um novo tweet com conteúdo significativo.” Para o analista, será interessante perceber se a Casa Branca vai firmar novos acordos comerciais, “por exemplo, com a Grã-Bretanha pois Theresa May, nos próximos dias, vai encontrar-se, pessoalmente, com Trump”.

A preocupar os analistas estão algumas das promessas eleitorais de Trump. O presidente afirmou que iria começar a renegociar o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta) com os líderes do Canadá e do México, com quem deve reunir em breve. A primeira reunião será com o presidente mexicano Enrique Peña Nieto e está marcada para 31 de janeiro.

“A grande questão é saber até que ponto ele vai por em causa o NAFTA, até que ponto ele vai no combate à China, declarando que a China manipula a moeda, como prometeu na campanha”, afirma o analista financeiro, Chris Beauchamp.

No outro lado do Atlântico, o Dow Jones e o NASDAQ seguem a tendência europeia, a negociar em terreno negativo.

O dólar continua a desvalorizar, em relação ao euro, caindo para mínimos de sete semanas.