Última hora

Em leitura:

"Fui despedido hoje", Bernie Ecclestone antigo patrão da Fórmula 1


mundo

"Fui despedido hoje", Bernie Ecclestone antigo patrão da Fórmula 1

A Liberty Media anunciou a conclusão do processo de aquisição dos direitos do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 e o afastamento de Bernie Ecclestone, de 86 anos, das funções de diretor executivo.

O homem forte da Fórmula 1, durante 40 anos, passará a ocupar um cargo decorativo, já que fica afastado da gestão, o de presidente honorário.

A uma revista de automóveis alemã, Ecclestone tinha afirmado: “fui despedido hoje. Acabou. É oficial. Já não dirigo a empresa”.

Ecclestone será substituído no cargo pelo norte-americano Chase Carey.

Os novos patrões da Fórmula 1 desembolsaram 7,4 mil milhões de euros para concretizar o negócio que tinha sido anunciado em setembro do ano passado.

O grupo Liberty pertence ao magnata norte-americano John Malone.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

EUA

Trump começa a desmantelar legado de Obama no comércio livre