Última hora

Em leitura:

A Marcha das Mulheres pela igualdade de salários e pelo respeito


Business Line

A Marcha das Mulheres pela igualdade de salários e pelo respeito

Milhões de pessoas em todo o mundo sairam para as ruas no último fim de semana, um dia após Donald Trump ter sido empossado como o 45.° Presidente dos Estados Unidos.

A Marcha das Mulheres atraiu enormes multidões em cerca de 60 países. De acordo com os organizadores, participaram no protesto mais de cinco milhões de pessoas nos quatro cantos do mundo — mais de um milhão só em Washington, o que faz desta uma das maiores manifestações na capital norte-americana.

Esta Marcha das Mulheres não foi apenas um protesto contra Donald Trump. Os promotores pretendiam enviar uma mensagem forte à nova Administração norte-americana logo ao primeiro dia na Casa Branca, mas também ao resto do mundo: os direitos das mulheres são direitos humanos.

Muitas mulheres nos Estados Unidos receiam ver os direitos reduzidos com Donald Trump na presidência. Nesta edição, aproveitamos a onda e analisamos a situação das mulheres no setor laboral na Europa e no resto mundo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Business Line

Trump e Brexit discutem-se em Davos