Última hora

Última hora

Breves de Bruxelas: Schengen, Brexit e contas da Grécia

No seguimento da crise dos refugiados despoletada em 2015, os controlos fronteiriços foram repostos na União Europeia (UE).

Em leitura:

Breves de Bruxelas: Schengen, Brexit e contas da Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

No seguimento da crise dos refugiados despoletada em 2015, os controlos fronteiriços foram repostos na União Europeia (UE).

Em novembro, as autoridades europeias autorizaram cinco países a manterem esses controles por mais três meses: Áustria, Alemanha, Dinamarca, Suécia e Noruega.

A Comissão Europeia defende nova extensão por 12 semanas, que deverá ser aprovada pelos governos da UE, na próxima semana, mas há quem esteja descontente.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária falamos, também, do Brexit: o negociador da Comissão Europeia, Michel Barnier defende a proteção dos direitos dos cidadãos de ambas as partes.

Para terminar, avançamos que os ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo) farão uma análise sobre as contas da Grécia.

O Eurogrupo espera progressos, até fevereiro, nas reformas que integram o acordo de resgate para que possa ser feita a transferência de nova tranche do empréstimo.