Última hora

Em leitura:

"Lendas do Espaço": A chegada da sonda Huygens a Titã


space

"Lendas do Espaço": A chegada da sonda Huygens a Titã

Em parceria com

A euronews dá início a uma nova minissérie intitulada “Lendas do Espaço”. Ao longo deste ano, vamos recordar alguns dos momentos mais decisivos da exploração espacial, desde o Sputnik até à missão Rosetta. Começamos por recuar até 2005, ano em que a sonda Huygens entrou para a História.

O cientista da Agência Espacial Europeia, Jean-Pierre Lebreton, explica-nos como foi: “A 14 de janeiro de 2005, a Huygens “aterrou com um paraquedas na superfície de Titã. Foi a aterragem mais longínqua alguma vez efetuada no sistema solar. O sinal chegou com cerca de 45 minutos de atraso, ou seja, passámos por vários momentos de stress. Mas, assim que os dados chegaram e descobrimos as primeiras imagens, foi mágico”.

“Parecia a Côte d’Azur”

Lebretton relembra que assim que teve uma visão global da superfície, pensou que “parecia a Côte d’Azur. Mas os elementos são muito diferentes. A temperatura é de 180 graus negativos; as colinas são feitas de gelo; o líquido que vemos consiste em hidrocarbonetos de metano e talvez numa mistura de metano e etano. A Huygens vai ficar na superfície de Titã para sempre. Talvez um dia haja uma outra missão que lhe vá dar um ‘olá’. Mas não vai ser em breve”.

Os nossos destaques

Artigo seguinte

space

Financiar o futuro da Europa no Espaço