Última hora

Última hora

Os efeitos da digitalização estarão em destaque no CeBIT 2017

As transformações ligadas à digitalização estarão em destaque este ano no CeBIT, o maior evento mundial do setor digital.

Em leitura:

Os efeitos da digitalização estarão em destaque no CeBIT 2017

Tamanho do texto Aa Aa

As transformações ligadas à digitalização estarão em destaque este ano no CeBIT, o maior evento mundial do setor digital. O tema foi apresentado oito semanas antes do evento, na cidade de Hanover.

A cibersegurança é uma das grandes preocupações, após as eleições norte-americanas. E na Europa haverá vários escrutínios este ano.

Oliver Frese, membro da Deutsche Messe AG, empresa organizadora do evento, adianta: “A segurança é um dos temas centrais do CeBIT. Por um lado, teremos mais de 300 expositores, que oferecem soluções de segurança para as empresas, mas iremos abordar a questão em vários fóruns e na grande conferência do CeBIT”.

Este ano, o Japão é o país parceiro. Tóquio participa com 120 empresas, presentes em todos os segmentos.
Além disso, Angela Merkel e Shinzo Abe, respetivamente chefes de governo alemão e japonês, participarão na abertura do evento, dia 19 de março.

Takeshi Yagi, embaixador japonês na Alemanha, não esconde quais são os objetivos do seu país: “Queremos impressionar o mundo em várias áreas. Por exemplo, ao nível da robótica, da inteligência artificial, da condução autónoma ou ainda da Biometria”.

O CeBit vai focar-se também na realidade virtual. A tecnologia ainda não é real, mas as empresas veem nela inúmeras oportunidades.

O CeBit espera a visita de 20 mil pessoas e os drones deverão se uma das grandes atrações.

Segundo o enviado da euronews, Sebastian Saam, “a digitalização está a mudar as economias, as administrações e as sociedades. O CeBIT quer explicar essas mudanças aos visitantes. Sendo uma combinação de exposição, conferência e plataforma de contacto, o CeBit é um evento imprescindível para a economia digital”.