Última hora

Em leitura:

Presidente austríaco toma posse, ao fim de oito meses


Áustria

Presidente austríaco toma posse, ao fim de oito meses

O presidente da Áustria, Alexander Van der Bellen, tomou posse, finalmente, oito meses depois das primeiras eleições em que foi eleito.

A repetição do escrutínio, em dezembro, ordenada pelo Tribunal Constitucional depois de queixas de irregularidades, fez com que só agora possa ter assumido as funções. Derrotou duas vezes o candidato da extrema-direita, Norbert Hofer.

“O maior perigo que vejo é sermos seduzidos pelas respostas fáceis e mudarmos de direção para o nacionalismo e o provincianismo. Isso não pode trazer vantagem nenhuma à Áustria, um país muito pequeno, comparado com o resto do mundo. Não nos deixemos seduzir”, disse na tomada de posse.

As primeiras eleições foram invalidadas, depois de uma queixa do FPÖ, o partido de extrema-direita. Van der Bellen venceu então Norbert Hofer por uma margem muito reduzida. A presidência tem sido, até agora, assegurada por um conselho interino.