Última hora

Em leitura:

Presidente da Gâmbia regressa do curto exílio para governar


Gâmbia

Presidente da Gâmbia regressa do curto exílio para governar

O novo presidente da Gâmbia está de regresso ao país, depois de se ter refugiado no Senegal por uma questão de segurança, depois de ter recebido ameaças de morte.

Adama Barrow aterrou na capital, Banjul, com a promessa de mudar o rumo do país depois de 22 anos e meio de poder absoluto do antecessor Yaya Jammeh.

No aeroporto, foi recebido por uma multidão. Anunciou o regresso ao país através do Twitter.

A tomada de posse deu-se na embaixada da Gâmbia no vizinho Senegal. Embora curto, este exílio forçado foi doloroso para Barrow. Durante o período, o filho foi morto por cães e o novo presidente não pode assistir ao funeral.

Chega Barrow, sai Jammeh: O ex-presidente já está na Guiné Equatorial e não foi de malas vazias, terá levado 11 milhões de euros dos cofres do país.

Jammeh tinha inicialmente reconhecido os resultados do país, mas depois recusou-se a deixar o poder, até ter sido coagido pelo exército. Para garantir a segurança do país, Barrow pediu que as tropas da Comunidade de Estados da África Ocidental (CEDEAO) possam ficar mais seis meses.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

EUA

Trump lança charme sobre Republicanos em Filadélfia