Última hora

Em leitura:

Fragata saudita atingida por míssil huti ao largo do Iémen (vídeo)


Iémen

Fragata saudita atingida por míssil huti ao largo do Iémen (vídeo)

O movimento armado huti, que reclama o poder no Iémen, atingiu em cheio, na segunda-feira, uma fragata da Arábia Saudita com um míssil. Na explosão, dois membros da tripulação morreram e três outros ficaram feridos, confirmou a agência saudita SPA.

A mesma fonte saudita alega, no entanto, que a explosão e o consequente fogo na embarcação teriam sido gerados após um ataque de três barcos suicidas, dos quais um teria colidido com a popa da fragata militar. A SPA adianta que, após o fogo extinguido, a fragata prosseguiu na missão de patrulhava em que se encontrava e que a força aérea saudita perseguiu os outros dois barcos em fuga.

O ataque ocorreu segunda-feira no estreito que separa o Iémen da Eritreia. A agência de notícias huti, Saba News, disse ter sido um disparo efetuado em defesa a uma alegada violação do território soberano iemenita ao largo da cidade de Al Hudaydah.

A Saba News acrescentou o lançamento também pelos hutis, já esta terça-feira, de um outro míssil balístico, tendo como alvo, um pouco mais a sul, a base saudita situada na ilha Zuqar, no Mar Vermelho.

A Saba News alega que “o míssil (disparado contra a base saudita) atingiu o alvo de forma precisa e matou dezenas de soldados sauditas”. Do lado saudita, este alegado ataque à base militar de Zuqar não foi ainda confirmado.

A região tem vindo a assistir ao escalar dos combates entre o movimento huti, que reclama o poder no Iémen com apoio do Irão, e as forças internacionais lideradas pelos sauditas, em apoio do legítimo Presidente iemenita, Mansur Hadi.