Última hora

Última hora

Cimeira da União Europeia aprova pacote sobre migração

Os líderes da União Europeia comprometeram-se a "reduzir significativamente" o fluxo migratório clandestino na zona central do mar Mediterrâneo, durante uma cimeira informal em Malta, esta sexta-feira

Em leitura:

Cimeira da União Europeia aprova pacote sobre migração

Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes da União Europeia comprometeram-se a “reduzir significativamente” o fluxo migratório clandestino na zona central do mar Mediterrâneo, durante uma cimeira informal em Malta, esta sexta-feira.

A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, disse que “chegamos a acordo sobre um pacote de medidas muito relevante que nos ajudará a melhor gerir os fluxos migratórios, em parceria com as agências das Nações Unidas, tais como a ACNUR e a OIM, na Líbia e noutros países, naquela que é uma forte iniciativa da política externa para evitar a perda de vidas”.

O debate teve em conta a recente moratória norte-americana nesta matéria e a posição isolacionista de Donald Trump.

O Presidente francês, François Hollande, disse que “aqueles países que desejam estabelecer relações bilaterais com os EUA têm o apoio das respetivas opiniões públicas. Mas a futura relação da União com Trump deve ser definida em conjunto”.

A prioridade será o reforço da cooperação com a Líbia, principal ponto de partida de refugiados e migrantes para atravessarem o mar em direção à Europa.

A União garante que disponibilizará os recursos necessários, saundando o facto da Comissão Europeia ter aprovado um primeiro pacote, no valor de 200 milhões de euros, para cobrir as necessidades financeiras mais prementes para 2017, no norte de África.