Última hora

Em leitura:

Centenas de pessoas protestam contra Donald Trump


EUA

Centenas de pessoas protestam contra Donald Trump

Centenas de pessoas protestaram, este sábado, frente à Embaixada dos EUA, em Londres, contra a decisão do presidente norte-americano banir a entrada, no país, de cidadãos de sete países.

Os manifestantes exigiam também que a visita de Donald Trump ao país não seja considerada de Estado.

Uma petição contra a visita reuniu já mais de um milhão e oitocentas mil assinaturas. “Outra, a favor, conseguiu, até ao momento, menos de 300 mil”: https://petition.parliament.uk/petitions/178844
. Serão ambas debatidas pelo parlamento britânico a 20 de fevereiro.

“Penso que as pessoas, em todo o mundo, estão zangadas com o presidente dos EUA, Donald Trump, porque acham que isto é, totalmente, injustificado, é uma proibição que afeta os muçulmanos de sete países, quatro dos quais foram bombardeados e ocupados por tropas americanas. Vai contra as liberdades civis, contra os Direitos Humanos e aumentará o racismo e, na minha opinião, o terrorismo”, afirmou Lindsey German, porta-voz da “Stop the War Coalition”.

Os protestos estenderam-se à capital francesa. Cerca de um milhar de pessoas, muitos estrangeiros a viver em Paris e também franceses, manifestaram-se, também eles, contra o agora suspenso decreto anti-imigração de Trump.

Em várias cidades australianas milhares de pessoas saíram às ruas pelos mesmos motivos.

As relações entre os dois países estão tensas desde que Trump pôs em causa um acordo entre Obama e o governo australiano de acolhimento de refugiados ilegais que estão na Austrália.