Última hora

Em leitura:

Governo romeno recua e vai revogar decreto sobre despenalização da corrupção


Roménia

Governo romeno recua e vai revogar decreto sobre despenalização da corrupção

Depois de toda a polémica o governo romeno recua e vai revogar o polémico decreto que despenalizava determinados crimes por corrupção.

O decreto, aprovado na última terça-feira e que deveria entrar em vigor na próxima sexta-feira:

“Não queremos dividir a Roménia. A Roménia não pode estar dividida em dois. Acredito que a Roménia, neste momento, com tudo o que está a acontecer por todos os lados, entre o eleitorado também, parece partida em dois, se não em mais pedaços. E isso é a última coisa que quero”, afirmou Sorin Grindeanu.

O decreto motivou os maiores protestos no país desde a queda do regime de Nicolae Ceausescu, em 1989.

Este sábado, os romenos voltaram a sair à rua mas para celebrar a vitória sobre o decreto que definia que um crime de abuso de poder, só podia ser punido com prisão, quando a soma envolvida ultrapassasse os 44.000 euros.

O Governo pretendia também, por outro decreto libertar cerca de 2.500 presos que cumprem penas inferiores a cinco anos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

França

Macron faz campanha em Lyon para as presidenciais francesas