Última hora

Última hora

EUA Imigração: Departamento de Estado diz que lei será cumprida

O Departamento de Estado, dos EUA, garante que a lei será cumprida, ou seja, será permitida a entrada a todos os cidadãos com vistos válidos, nos EUA.

Em leitura:

EUA Imigração: Departamento de Estado diz que lei será cumprida

Tamanho do texto Aa Aa

O Departamento de Estado, dos EUA, garante que a lei será cumprida, ou seja, será permitida a entrada a todos os cidadãos com vistos válidos, nos EUA.

Uma decisão tomada depois do juiz James Robart, ter ordenado a suspensão, temporária, e a nível nacional, da proibição de entrada de cidadãos de sete países, de maioria muçulmana, decretada por Donald Trump.

Ainda assim, a Segurança Interna garante que tudo será feito para inverter a situação.

Antes do anúncio Trump criticava o magistrado nas redes sociais chamando-lhe suposto juiz.

São várias as histórias comoventes, de cidadãos dos países banidos por Trump, que têm sido exploradas pelos meios de comunicação social por todo o mundo.

Entre elas está a de uma bebé que precisa de uma cirurgia ao coração.

A ordem do juiz de Seattle é válida até ser revista a queixa apresentada por Bob Ferguson. O procurador-geral de Washington que questionou a decisão do Presidente dos Estados Unidos, considerando que ela viola os direitos constitucionais dos imigrantes e das suas famílias, já que visa, especificamente, muçulmanos.

Antes desta decisão do magistrado o Departamento de Estado informava que tinham sido cancelados mais de 60 mil vistos de estrangeiros vindos dos sete países após a entrada em vigor do veto migratório.

Com LUSA