Última hora

Em leitura:

Governo romeno abole, formalmente, decreto sobre corrupção


Roménia

Governo romeno abole, formalmente, decreto sobre corrupção

O Governo da Roménia aboliu, formalmente, este domingo, o decreto que “redesenhava” o conceito de delitos por corrupção e que esteve na origem dos maiores protestos no país desde a queda do regime comunista, em 1989.

Apesar deste recuo do executivo há quem continue a não acreditar no novo governo romeno e queira que este se demita. Por isso mesmo alguns romenos, maioritariamente jovens, voltaram a manifestar-se frente ao parlamento, em Bucareste:

“As pessoas vão continuar a pressionar este governo para que se demita. Não vão ficar satisfeitas apenas por ter cancelado esta medida, porque o que é claro é que este governo é corrupto e eles vão continuar com esta política e, muito provavelmente, tentar, de novo, tirar os políticos corruptos das prisões”, afirmou Mircea Marian, analista político romeno.

Outra manifestação, mas pró-governamental, frente ao Palácio Presidencial reuniu algumas dezenas de pessoas. Desta vez, exigia-se que se deixe o executivo trabalhar e protestava-se contra o chefe de Estado romeno que chegou a sair para a rua para apoiar as manifestações anti-governo.