Última hora

Em leitura:

Damien Chazelle conquista os prémios Directors Guild of America


cinema

Damien Chazelle conquista os prémios Directors Guild of America

O filme “La La Land” está imparável no que toca a receber prémios. O realizador Damien Chazelle recebeu o galardão de melhor longa-metragem nos prémios Directors Guild of America. Aos 32 anos, é o mais jovem realizador a receber o galardão.

Chazelle aproveitou para defender o cinema, elogiando o cinema iraniano e criticando as últimas medidas de Donald Trump: “Assim que se começa a excluir cineastas ou vozes porque vêm de outras partes do mundo e se decide que não são úteis para nós – é um território escorregadio e completamente anti-arte também.”

O australiano Garth Davis recebeu um prémio pelo seu sucesso no filme “Lion”. O filme conta a história de um homem indiano que usa o Google Earth para descobrir a família e a cidade natal.

E aos 79 anos, o realizador veterano Ridley Scott foi homenageado pela sua carreira e pela longa contribuição à indústria do cinema.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
"A Bela e o Monstro": Jonh Legend acredita que o filme é uma alegoria às políticas de Trump

cinema

"A Bela e o Monstro": Jonh Legend acredita que o filme é uma alegoria às políticas de Trump