Última hora

Última hora

Unicredit: Ajuste do preço das ações após mega-aumento de capital

Dia de ajuste do preço das ações Unicredit, após o aumento do capital de 13 mil milhões de euros, o maior de sempre de uma empresa italiana.

Em leitura:

Unicredit: Ajuste do preço das ações após mega-aumento de capital

Tamanho do texto Aa Aa

Dia de ajuste do preço das ações Unicredit, após o aumento do capital de 13 mil milhões de euros, o maior de sempre de uma empresa italiana.

A meio do dia, na bolsa de Milão, as ações do banco subiam 1,3%, um desempenho superior a outros títulos bancários. No entanto, na sessão anterior, aquando do aumento do capital, as ações tinham perdido 6,8% e os direitos de subscrição, já com forte desconto, afundaram quase 19%.

Os acionistas, que em parte decidiram não participar na operação que dura até 10 de março, enfrentam uma diluição de quase 70% do capital. A futura estrutura acionista origina, por isso, muitas interrogações.

Unicredit, maior banco de Itália, registou, no ano passado, prejuízos de 11,8 mil milhões de euros, penalizado pela forte desvalorização de ativos.

O plano de reestruturação previa a venda de 18 mil milhões de euros de ativos tóxicos, como crédito malparado, e a supressão de 14 mil empregos até 2019. Esta semana, o banco revelou um plano para 3900 saídas voluntárias de trabalhadores.