Última hora

Em leitura:

Rússia: Navalny condenado e impedido de se candidatar à presidência


Rússia

Rússia: Navalny condenado e impedido de se candidatar à presidência

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi considerado culpado de desvio de fundos de uma empresa de madeira em 2013.

A decisão do tribunal de Kirov impede-o de se candidatar à presidência nas eleições de 2018.

Navalny, que entrou no tribunal com uma mala de viagem, preparado para a prisão, garante estar inocente e afirma que o caso é motivado politicamente.

Foi condenado a 5 anos de prisão com pena suspensa.

Trata-se da repetição do julgamento do ano passado em que Navalny também recebeu a mesma sentença. O supremo russo ordenou a repetição desse julgamento.

O Tribunal Europeu dos direitos humanos tinha considerado na altura que o direito de Navalny a um processo justo tinha sido violado.

A lei russa impede pessoas condenadas a crimes sérios de se apresentarem como candidatas a eleições.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

EUA

EUA: Milhares de pessoas ouviram audiência sobre veto migratório