Última hora

Última hora

Biliões gastos no Médio Oriente e nem um poço de petróleo valeram, acusa Trump

A Casa Branca foi palco de mais uma reunião do Presidente com altos responsáveis do setor empresarial e, desta feita, coube aos diretores executivos de companhias áereas.

Em leitura:

Biliões gastos no Médio Oriente e nem um poço de petróleo valeram, acusa Trump

Tamanho do texto Aa Aa

O novo Presidente dos Estados Unidos arrasou com o estado atual do setor dos transportes norte-americanos e criticou os antecessores — em particular depreende-se o Republicano George W. Bush, o responsável pelas invasões no Afeganistão e no Iraque — pelos “seis biliões de dólares gastos” no Médio Oriente “até há dois meses” e que não terão valido aos norte-americanos “nem sequer um ‘pequenito’ poço de petróleo.”

Point of view

Gastámos seis biliões de dólares até há cerca de dois meses no Médio Oriente e não ficámos com nada. Nem sequer um 'pequenito' poço de petróleo.

Donald Trump Presidente dos EUA

As declarações de Donald Trump foram efetuadas após mais uma reunião na Casa Branca com altos responsáveis do setor empresarial norte-americano. Desta feita os convidados foram diretores executivos de companhias aéreas.

Donald Trump prometeu ajudar a modernizar todo o setor da aviação, a começar pela revisão do sistema fiscal corporativo que visa estimular as empresas, entre elas, por exemplo, as companhias aéreas, prometeu.

“A redução do fardo global de impostos sobre as empresas americanas, a liga dos campeões (nr.: tradução de sentido aproximado de “big league”, o termo referido no original em inglês), e isto está a correr muito bem. Estamos muito avançados face ao planeado e vamos anunciar alguma coisa nas próximas duas ou três semanas, algo que será fenomenal em termos de impostos”, prometeu, sem abrir o jogo quanto ao que está a ser preparado pela sua Administração.

O chefe da Casa Branca aproveitou a ocasião para elogiar a aviação comercial norte-americana como “um setor de 10 milhões de empregos bem pagos” e com “um contributo a rondar um bilião de dólares” para o país. “É realmente importante (nr.: “Really big stuff”)”, sublinhou.

E depois atacou os antecessores: “Gastámos seis biliões de dólares (5,6 biliões de euros) até há cerca de dois meses no Médio Oriente e não ficámos com nada. Nem sequer um ‘pequenito’ poço de petróleo. Nem um. E eu disse: fiquem com o petróleo.”

Trump criticou os antecessores por terem gasto o dinheiro nas “cruzadas” e de se terem esquecido do conforto e da modernização dos meios ao serviço dos norte-americanos. “Agora temos um sistema de aviação obsoleto; aeroportos obsoletos; comboios obsoletos; temos estradas ruins. Mas nós vamos mudar tudo isto”, prometeu e garantiu: “Vocês vão ficar muito felizes com Trump.”