Última hora

Em leitura:

Presidente da UEFA quer limitação ao número de mandatos


Desporto

Presidente da UEFA quer limitação ao número de mandatos

O presidente da UEFA tinha prometido uma reforma ao nível da direção, antes de ser eleito, e esta quinta-feira clarificou os planos.

No rescaldo de uma reunião do Comité Executivo, em Nyon, na Suíça, o esloveno Aleksander Ceferin revelou que no futuro os mandatos dos dirigentes deverão ser limitados a apenas três, num total de 12 anos.

“A proposta é a de estabelecer limites aos mandatos. Como se percebe atualmente não existe qualquer limite, apenas o da idade, que não pode exceder os 70 anos. A nova proposta prevê que o presidente da UEFA e que os elementos do Comité Executivo da UEFA possam apenas assumir um máximo de três mandatos de quatro anos cada. (…) Para todas as competições da UEFA haverá um processo de candidatura transparente. Acabam-se os jogos políticos. Para qualquer organização e para todas as competições será preciso passar um processo de candidatura”, explicou Ceferin.

A proposta, entre outras coisas, deverá ser ratificada a 05 de Abril, no congresso da UEFA, em Helsínquia.

O presidente Aleksander Ceferin anunciou, também esta quinta-feira, que vai pedir à FIFA que a Europa tenha direito a pelo menos 16 lugares no Campeonato do Mundo de futebol de 2026, alargado a 48 participantes.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Desporto

"Mad Max" Stöckl voa a 167,6 km/h, novo recorde de velocidade com bicicleta de montanha