Última hora

Em leitura:

Conselheira de Trump debaixo de fogo por promover produtos da filha do presidente


EUA

Conselheira de Trump debaixo de fogo por promover produtos da filha do presidente

Uma comissão do Congresso norte-americano vai analisar se a conselheira senior da Casa Branca Kellyanne Conway violou regras éticas, ao promover produtos da linha de roupa da filha de Donald Trump, Ivanka.

Questionado sobre a polémica, o porta-voz da administração Trump, Sean Spicer, disse apenas que Conway já “recebeu aconselhamento legal acerca do assunto”.

Durante uma entrevista televisiva, emitida a partir da sala de imprensa da Casa Branca, a conselheira de Trump tinha afirmado que Ivanka tem “uma linha de roupa maravilhosa”, que ela própria possuía “várias peças” e que todos deviam “comprar” os seus produtos.

Na véspera, o presidente norte-americano tinha atacado, através do Twitter, a cadeia de armazéns Nordstrom, depois desta anunciar a decisão de deixar de vender a linha de vestuário e acessórios de Ivanka Trump.

A nova polémica fortalece os argumentos dos que acusam o clã Trump de usar a Casa Branca para promover os seus interesses comerciais.