Última hora

Em leitura:

Residentes da região de Oroville podem voltar para casa


EUA

Residentes da região de Oroville podem voltar para casa

Com Reuters

As autoridades californianas anunciaram que os residentes da região de Oroville (norte) podem regressar às suas casas, depois da crise vivida na maior barragem dos Estados Unidos.

O nível de ameaça foi oficialmente reduzido, depois de agentes da companhia californiana de gestão de recursos hídricos terem conseguido fazer com que os níveis dos reservatórios baixassem, evitando assim uma possível catástrofe.

Os residente da região, no condado de Butte, foram, no entanto, avisados para o facto de que o nível de ameaça pode voltar a subir, o que significa que poderiam ter de deixar as suas casas mais uma vez.

Cerca de 188 mil pessoas, cujas casas se situam em zonas que seriam imediatamente absorvidas pelas águas, caso a estrutura da barragem cedesse, foram obrigadas a permanecer em centros de acolhimento.

Tanto o canal principal de drenagem da barragem como os canais secundários foram afetados pela crescente pressão exercida pela maior quantidade de água acumulada, fruto das chuvas que se fizeram sentir no norte da Califórnia.

Mas a maior ameaça foi registada no descarregador ou vertedor de emergência, que permite que seja retirada água do reservatório sempre que é atingida a capacidade da infraestrutura.

As autoridades dizem que as próximas tempestades não constituem, em princípio uma ameaça para a barragem de Oroville.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Brasil

Milhares de soldados no Rio durante o Carnaval