Última hora

Em leitura:

Iraque: Despojos de guerra transformados em arte


Cult

Iraque: Despojos de guerra transformados em arte

Em parceria com

Esculturas feitas com pedaços de metal de tanques, bombas e outros artefactos de guerra. Transformar os restos de uma guerra interminável em algo bonito.

O artista Fattah Mohammed Fattah utiliza restos da história sombria do Iraque para criar. Acaba de abrir uma galeria na cidade de Dohuk, a norte de Mosul: “asta galeria é uma mensagem para as organizações ambientais, bem como para as organizações da sociedade civil – para aumentarem a sensibilização relativa aos despojos de guerra a que temos sido expostos. Guerras que nos foram impostas. Tentei reuni-los nesta galeria e transformá-los em peças artísticas criativas.”

Fattah apelida o seu trabalho de arte ambiental e é o primeiro a admitir que este tipo de peças são consideradas inovadores e pouco comuns no Iraque. Uma perspetiva diferente sobre o legado da guerra.

Os nossos destaques

Artigo seguinte

Cult

A nova coleção de Erdem Moralioglu, o estilista que seduz atrizes e princesas