Última hora

Em leitura:

Síria: Negociações de paz em Genebra regressam 10 meses depois do fracasso


Síria

Síria: Negociações de paz em Genebra regressam 10 meses depois do fracasso

10 meses depois do fracasso das negociações de paz mediadas pela ONU, governo e oposição síria voltam a sentar-se à mesa, em Genebra, enquanto no terreno os bombardeamentos e os combates prosseguem.

Os negociadores do regime de Damasco e da oposição chegaram separadamente ao edifício das Nações Unidas para reuniões bilaterais com o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura.

O governo de Bashar al-Assad não quer discutir para já a questão da transição política, por isso, um dissidente próximo da oposição, Omar Kouch, refere que “será difícil obter um acordo durante esta ronda de negociações” até porque um dos atores-chave, os “Estados Unidos é o grande ausente, tendo preferido jogar o papel de observador (…) e isso enfraquece o potencial resultado” das conversas.

A esperança é que os encontros abram a porta a negociações mais substanciais tendo em vista uma solução para quase seis anos de conflito.

A Rússia afirma ter pedido a Damasco para parar com os bombardeamentos durante esta ronda negocial, mas segundo os relatos, continuam a existir ataques aéreos e combates, pelo menos em Alepo.

Segundo a enviada da euronews, Faiza Garah, “os olhos dos sírios voltam a estar focados em Genebra” apesar das dificuldades, neste momento, em “alcançar um acordo que abra o caminho para uma solução duradoura para a crise na Síria”.

Novo atentado no Paquistão após anúncio de intensificação de uma operação antiterrorista

Paquistão

Novo atentado no Paquistão após anúncio de intensificação de uma operação antiterrorista