Última hora

Em leitura:

Críticas de Trump à segurança de Paris


EUA

Críticas de Trump à segurança de Paris

O presidente dos EUA, Donald Trump, voltou a apontar baterias à Europa – insinuando que o velho continente não é seguro.

Na convenção anual conservadora em Maryland apresentou o caso de um amigo que, aparentemente, deixou de visitar França devido aos ataques de Paris e de Nice: “veja-se o que aconteceu em França: eu tenho um amigo que adora a cidade luz, adora Paris, não o via há algum tempo e perguntei-lhe como estava Paris. Respondeu-me que já não vai lá e que Paris já não é Paris.”

As críticas de Trump a Paris seguem-se às observações já feitas sobre o aumento do crime na Suécia e na Alemanha.

A Presidente da Câmara de Paris respondeu em jeito de provocação através do twitter, postando “Para o Donald e para o amigo Jim, da Torre Eiffel, estamos a celebrar a atratividade de Paris com o Mickey e a Minnie”.

O ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Jean-Marc Ayrault, também se juntou ao movimento dando as boas vindas aos “3,5 milhões de turistas americanos que visitaram França em 2016”.

Suíça

Negociações de paz: Uma Síria que pertença a todos pedem os representantes curdos