Última hora

Em leitura:

Esqui alpino: Peter Fill estreia-se a vencer, Jansrud já tem um Globo de Cristal


gravity

Esqui alpino: Peter Fill estreia-se a vencer, Jansrud já tem um Globo de Cristal

O esqui alpino é muitas vezes decidido pela experiência e a prová-lo estão os resultados do super gigante de Kvitfjell, este domingo. A média de idade dos presentes no pódio foi de 35 anos e a mostrar que mais vale tarde que nunca, no lugar mais alto, pela primeira vez na disciplina, Peter Fill.

Foi também a primeira vitória da temporada para o italiano, que até pode estar na luta pelo Globo de Cristal no downhill mas que no super gigante ainda não tinha ido além da sétima posição. Fill esteve irrepreensível na pista de Olympiabakken e completou a prova com o tempo de 1.32’83”.

A dez centésimos terminou Hannes Reichelt, naquele que foi o quadragésimo pódio na Taça do Mundo para o austríaco de 36 anos. Na terceira posição terminou o canadiano Erik Guay, que ainda há duas semanas se tinha sagrado campeão do mundo da disciplina em Saint-Moritz.

Quem também teve motivos para festejar em Kvitfjell foi o homem da casa, Kjetil Jansrud. O sétimo lugar foi suficiente para o norueguês assegurar desde já a vitória na Taça do Mundo de super gigante, repetindo o triunfo de 2015.

Nas senhoras, Mikaela Shiffrin estreou-se a vencer no combinado mas foi Ilka Štuhec a arrebatar o Globo de Cristal na disciplina com o terceiro lugar em Crans-Montana.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

gravity

Esqui Alpino: Marcel Hirscher é de outro planeta